As aventuras de um papai moderno
22abr/110

Superpoderes

Qual o melhor superpoder contra a preguiça?
- Pai gostaria ter o superpoder da mulher elástica, para eu me esticar sem ter que me esforçar.
-Gabi, conheça o poder da Força Jedi. Que a força esteja com você!
-------------
"um campo de energia criado por todas as coisas vivas: ela nos cerca, nos penetra; ela mantém a galáxia coesa."
- Obi-Wan Kenobi

20mar/111

Jogos de tabuleiro e regras de ouro

Ensine jogos de tabuleiro para seu filho, jogos é uma maneira divertida de ensinar que certas coisas precisam de regras. Tô ensinando Damas pra Gabriella já tem um tempo, sempre no inicio da brincadeira repito as regras e como os jogadores devem se comportar durante e após a partida.

E olha se existem regras sempre pode existir uma exceção, pois bem sabemos que o que vale é a regra de ouro, a regra de diversão. Nas partidas a garotinha vem dando um show. Aprendeu os movimentos básicos e vez ou outra aparece com uma jogada diferente. Já experimentou a glória de me vencer e como ela se divertiu em ter me vencido.

O incentivo do bem é uma das melhores maneiras de cultivar boas ações. E ela sempre que pode me desafia e sempre vou dificultando um pouco, mas deixando-a ganhar algumas partidas e perdendo outra. Afinal é perdendo que desenvolvemos a superação. Antes havia choro, hoje existe um sorriso no rosto e um próximo desafio marcado.

Pra se ter um exemplo a menos de um mês, Gabi chorou do inicio ao fim em uma partida. Às vezes chega até a irritar, mas manter a calma é uma medida de passar segurança e controle da situação. Hoje, minha filha está mais confiante, se sente a vontade pra fazer novos desafios e as regras servem como guia para diversão.

Regras do Jogo de Dama

8mar/110

Coque de bailarina

Recentemente precisei ficar de “babá” da Gabriella e esses momentos são recheados de boas histórias. Indo direto ao assunto, nesse ultimo dia era dia de balé e após ao almoço a pequena tratou de descansar e se preparar para tão esperada aula.

Faltando um pouco mais de uma hora Gabi já estava pronta. Tomada banho, colan rosa, saia rosa, meia calça rosa, sapatilha rosa, praticamente um ponto rosa saltitante me apressava pra ir me arrumar pra gente não se atrasar. Quando estávamos prontos pra sair a pequena bailarina, risonha e rosa estava postada na minha frente com uma rendinha, grampos e liguinha de cabelo, dando o ultimato – Eu não vou pra aula, sem o meu coque!

Como pode! Eu tinha esquecido que toda bailarina usa um coque. E agora quem poderá me socorrer? Não pensei duas vezes abri o notebook, entrei no youtube e pesquisei: como fazer um coque de bailarina[bb]. Resultado, não deu certo. Gabriella abriu o berreiro e esbravejou: Eu vou pro balé toda feia, porque você não sabe fazer um coque! – Ah! Mas isso não ia ficar assim.

Então comecei a dar ordens. Primeiro acalmei a pequena e me comprometi em chegar ao balé[bb] no horário e com coque bem bonito se ela fizesse tudo que eu pedisse. No mesmo momento partimos.

Fomos pro cabeleireiro. Com 15 reais paguei o penteado, coque feito, bailarina linda. Mandei um sms com a foto do coque para Fernanda com a mensagem “Eu também sei fazer um coque!”. Partimos para o balé, chegamos no horário. Tudo perfeito. Quando chegamos a casa Gabis ainda se exibia com o coque, ganhei beijos da noiva pelo lindo penteado que “eu” tinha feito.

Mentira tem perna curta e em poucos minutos todos sabiam que eu não tinha feito nada. Mas podem ter certeza coque igual aquele ainda tá por existir e a felicidade da minha menina em se sentar na cadeira do cabeleireiro pra arrumar seu penteado antes de ir pra aula, não tem preço! E muitas vezes não é preciso saber fazer, basta conhecer quem saiba.

1mar/111

Negociando com os filhos na hora de fazer a tarefa de casa

Quando criança fazer tarefa escolar não era bem um problema, pois sempre fiz minhas tarefas sem precisar muito da ajuda dos meus pais. Porém com a Gabi faço questão de participar, afinal muitas vezes não precisamos de uma ajuda, mas sim de uma companhia. E apesar da pouca idade Gabriella demonstra um senso de responsabilidade muito apurado, porém tem dias que aquela preguicinha bate aí vem aquela moleza junto com mau humor e algo sai do eixo e ela bate o pé e diz: Não vou fazer a tarefa! Hora de entrar em pânico, não é? Bem na verdade é hora de relaxar e conversar

E isso meio que serve de alerta avisando que precisamos nos fazer mais presentes. Hora de olhar olho no olho, de negociar. Para negociar é preciso estar mais sensível na hora das escolhas das opções, pensa bem pra quê colocar algo como opção, se aquilo não é o que eu gostaria que ela fizesse. Senão pode chocolate[bb]? Não ofereça como opção doce de leite. Portanto tenha em mente o objetivo, e nesse caso é fazer a tarefa. Sempre me proponho a ficar mais um pouco com ela desenhando, assim garanto que a tarefa será feita e depois ainda vamos nos divertir. Mas se você não sabe desenhar, não se preocupe se disponha a brincar. Brincar é melhor que dar um doce, é melhor do que uns minutos a mais no videogame, bom a não ser que seja uma disputa de Just Dance no Wii[bb] e evite negociar comida.

Quando sou eu que faço a tarefa com a Gabi, uso a mesa ou a escrivaninha do quarto dela, pois acredito que o chão ou o sofá posam ser bem confortáveis, mas não é o melhor lugar pra ser fazer uma tarefa ou um trabalho. E na escola as maiorias das atividades são feitas numa mesa, não vamos sair por aí inventando moda, senão sobra pro coitado do professor que vai ter convencer um monte de menino a fazer a tarefa na mesa. Já pensou? É sempre bom mostrar que a casa é uma extensão da escola e vice e versa. E lembre-se leiam a tarefa junto, exercite a leitura, seja pai e professor nesse momento, educar exige paciência em dobro e se você prometeu algo cumpra.

Hoje desenhamos um pouco, conversamos um outro tanto, ela demonstrou um certo interesse em fazer uma história em quadrinho.

Olha aqui papai! O desenho que eu fiz! - No desenho tinha uma menina com vários balões de pensamento. Eita Gabi , quem é essa? – perguntei na maior dúvida, mas prontamente ela respondeu... – É a mamãe que tá pra ficar doida de tanto pensamento!

No final do dia, filha feliz, tarefa feita e vejo que cada vez mais ela exercita seu lado critico através do desenho. Acho que a dica é evitar o stress e fazer valer o bom senso na hora do diálogo e sempre que possível se divertir.

ps.: A Fernanda ficou de tirar a foto e ainda não enviou no email.

 

28fev/110

A importancia da Leitura

Ontem passei pela experiência de participar e ajudar a Gabriella num trabalho de escola. Um trabalho onde ela fazia uma minibiografia, com direito a arvore genealógica, fatos importantes, um auto retrato e uma foto atual vs foto antiga. Fernanda arrumou as fotos, Gabriella  apesar da preguiçinha terminou, com pulos de alegria e gritinhos de uhuull. Mas dentro de instantes ela ia aprender porque devemos caprichar na letra e enquanto ela fazia a tarefa pude ver um tempo que não volta atrás, fotos dela aprendendo a andar, fotos do primeiro natal, do primeiro banho de piscina, do primeiro dia de escola...

Pro jantar preparei uma Guacamole, um pasta não muito calórica de abacate com cebola, alho e tomate pra comer com pão sírio ou doritos. Família é atenção, cuidado e dedicação acredito que seja a força motriz da educação  E como um papai moderno além de preparar um jantar dou total apoio a garotinha que já é toda extrovertida na leitura, depois da jantar Gabi ensaiou como seria a apresentação do trabalho. Confere o video aí.

E por falar em livros[bb], você compra livros para os seus filhos? Você pratica o exercicio da leitura? A leitura é a base da educação, sem leitura diária você deixa de ensinar para os seus filhos um hábito que pode tornar-los melhores no futuro. Olhe ao redor quantas pessoas conhecemos que nem se quer leêm jornal, ou que mal sabem escrever um simples bilhete, sem falar o medor de falar em público. Com a prática da leitura diária matamos pequenos monstros! Gabriella tem na cabeceira os livros Pequeno Príncipe, O Livro da Mulheres Audaciosas e a Biblia versão para as crianças. Fica a dica!

 

ps.: Receita de Guacamole para os próximos posts! Aguarde.

ps2.: A Fernanda é minha noiva, mais ainda não digeriu a idéia de ter o Silva anexado ao seu nome.

ps3.: Não é defeito do video, é o meu dedo que aparece....